home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
16/06/15
Guia orienta médicos sobre melhores práticas de uso das redes sociais
Orientações visam preservar a imagem do profissional de saúde e manter a relação com seus pacientes dentro dos requisitos éticos e legais
Da redação

Os brasileiros estão entre os que mais misturam a vida pessoal e profissional nas redes sociais, segundo pesquisa realizada no final de setembro 2013 pelo Instituto Ipsos. Com os médicos, isso não é diferente. No Brasil, as redes exclusivas para o exercício da medicina ainda estão no começo, e os médicos brasileiros ainda utilizam as redes de massa para fins profissionais. 

Para ajudar os médicos neste novo cenário, a Ology, rede profissional exclusiva para médicos e o escritório de direito digital, Patrícia Peck Pinheiro Advogados, se uniram para desenvolver o guia exclusivo “Melhores Práticas no Uso Seguro das Mídias Sociais por Médicos”.

De acordo com a sócia-criadora da plataforma e especialista em marketing digital, Giovana Pieck, é fundamental médicos terem orientações para estarem cientes de suas ações online e não cometerem falhas que comprometam sua imagem profissional. "Muitos médicos, por exemplo, não conhecem bem as políticas de privacidade e os termos de uso dessas redes sociais. E uma simples falha pode comprometer a sua vida profissional", explica.

Há riscos de vazamento de informações relacionadas ao sigilo entre médico e paciente. Por isso, é necessário estar atento às configurações de privacidade e informações postadas que, mesmo em grupos privados, pode ser compartilhadas. Além disso, não é difícil ver médicos e pacientes interagindo em redes sociais e isso pode alterar a relação entre o profissional e o paciente, podendo resultar, inclusive, na perda da vida privada dos médicos.

Exemplos de exposição indevida de pacientes e casos nas redes sociais de massa têm gerado repercussão negativa. "Nossa principal intenção é ajudar os médicos a utilizarem e tirarem o maior proveito possível destas tecnologias, sem colocarem em risco sua carreira. Existem espaços próprios e seguros para estas discussões de casos, para colaboração em diagnósticos e para o compartilhamento seguro de informações entre profissionais médicos", finaliza Pieck.

Clique aqui para ter acesso ao guia Melhores Práticas de Uso das Mídias Sociais.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.