home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
11/03/15
Índia produz genérico de medicamento que pode erradicar hepatite
O componente custa US$ 10, enquanto a versão original é vendida por US$ 1 mil por pílula, nos EUA
Da Redação

A Gilead Sciences Inc., responsável pelo medicamento Sovaldi, fechou acordo com um grupo de fabricantes de genéricos indianos para a produção a baixo custo do Sovaldi (sofosbuvir) para pacientes com hepatite C de 91 países subdesenvolvidos. De acordo com agências internacionais, o laboratório Blandadesh's Incepta Pharmaceuticals já tem seus próprios meios para ampliar o tratamento da hepatite C em países como Tailândia, Malásia, Marrocos, Brasil, sudeste da Ásia e da África.

Cada pílula da substância original é vendida por US$ 1 mil nos Estados Unidos, enquanto a versão genérica poderá custar cerca de US$ 10 nos países de baixa renda. O medicamento tem potencial para erradicar a hepatite C, embora gere muita polêmica por conta do seu alto custo de produção. A fórmula indiana, batizada de Hopetavir, será vendida por US$ 900 para um tratamento de 12 semanas, bem abaixo dos US$ 84 mil necessários para manter o tratamento com o Sovaldi pelo mesmo período.

Detentora da patente em alguns países, a Gilead disse em nota que está ciente dos genéricos não autorizados, mas a intenção da empresa é "permitir que os parceiros de genéricos indianos lancem suas versões genéricas autorizadas o mais rápido possível". aproximadamente 170 milhões de pessoas no mundo têm hepatite C e boa parte deles, 73%, vivem em países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento.

Mesmo com custo elevado, o Sovaldi foi o medicamento mais vendido da Gilead no ano passado. Estima-se que a substância tenha gerado cerca de US$ 10,3 milhões de lucros para a empresa.

Tags: Hepatite,


PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.