home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
01/11/13
Médico realiza primeira cirurgia com Google Glass no Brasil
Ferramenta auxilia através de vídeos e comandados por voz, além de transmitir e receber orientações de profissionais à distância. Objetivo é criar aplicativo para facilitar a transmissão para outros cirurgiões
Da redação


Com o sistema de Hangouts do Google Glass, até sete médicos podem fornecer orientações em tempo real ao cirurgião que está realizando a operação (Foto: Divulgação)

O Brasil teve a primeira cirurgia realizada com a ajuda do Google Glass -- óculos do Google que se conecta à internet e possibilita a interação dos usuários com diversos conteúdos em realidade aumentada --, no final do mês de outubro. O aparelho foi utilizado pelo coordenador do Instituto Lubeck, Miguel Pedroso, em uma colectomia direita, um procedimento cirúrgico considerado complexo, de retirada parcial do cólon. Antes disse, a primeira cirurgia com Google Glass realizada no mundo foi aconteceu em Ohio, Estados Unidos, em agosto. As informações são dos portais Terra, Exame e Estado de S. Paulo.

A ferramenta auxiliou o médico para que ele assistisse vídeos de orientação do procedimento cirúrgico que estava realizando com o auxílio de comandos por voz, além de transmitir e receber orientações de médicos à distância, através de um Hangout (modelo de videoconferência do Google). Pedroso conta que foi colocado um material didático dentro do óculos, que fica à disposição do cirurgião durante o processo operatório. 


Colectomia direita -- cirurgia de retirada de intestino grosso considerada complexa -- foi auxiliada por material didático inserido no óculos inteligente (Foto: Divulgação)

“O médico pode acessar o material, que nós chamamos de videoatlas, através de comando de voz. A ideia é que ele possa tirar dúvidas sobre o que tem de fazer durante a cirurgia sem precisar usar as mãos, consultando como deve usar a pinça ou como deve estar a posição da mesa cirúrgica, por exemplo”, explicou o médico Miguel Pedroso.

O procedimento ocorreu no dia 25 de outubro, no hospital São Camilo, interior de São Paulo. A cirurgia faz parte de um programa de treinamento e o médico pode assistir a vídeos com as técnicas do procedimento cirúrgico através da tela do Google Glass. Em nota, Pedroso informou que o material em vídeo é facilmente acessível por comandos de voz e traz mais segurança para os profissionais durante a operação. 


Médico do Hospital São Camilo, do município de Salto, no interior de São Paulo, realizou a primeira cirurgia com Google Glass no Brasil (Foto: Divulgação)

Ainda segundo o medico, o sistema de Hangouts foi muito útil durante a cirurgia. "Até sete médicos podem fornecer orientações em tempo real ao cirurgião que está realizando a operação", disse. Segundo Ricardo Longo, diretor da Onoffre Consulting, consultoria de mobile que forneceu o aparelho para o teste, o Google Glass é particularmente interessante nesse sistema, "pois os orientadores podem ver o ponto de vista de quem está operando".

A técnica, porém, não é inédita. Além do primeiro procedimento realizado em agosto, nos Estados Unidos,  um mês depois mais de 300 universidades e hospitais dos cinco continentes assistiram, a uma intervenção cirúrgica transmitida pelo Google Glass. A transmissão também foi realizada por videochamadas do Google+.

A chamada “master class” foi oferecida pelo médico Pedro Guillén, da Clínica CEMTRO. A exibição só foi possível graças ao desenvolvimento tecnológico que a empresa espanhola Droiders realizou no Google Glass, através do sistema GlasstersStreamer. O Grupo Telefônica ofereceu o suporte tecnológico para retransmitir o sinal e cuidou também do sistema de videochamada do Google+.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.