home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
09/08/12
Médicos adotam dispositivo da F1 para monitorar pacientes cardíacos
Equipamento em fase de teste permitiria acompanhamento do paciente à distância
Da Redação

Um programa-piloto do Hospital Infantil de Birmingham, na Inglaterra, utiliza o mesmo sistema de avaliação de desempenho dos veículos da Fórmula 1 para monitorar pacientes com problemas cardíacos. Trata-se da primeira vez que esse sistema, conhecido como telemetria, está sendo adaptado para ser usado em seres humanos.

A ideia que originou a utilização inovadora do dispositivo surgiu após um encontro não planejado do pediatra Heather Duncan, que trabalha na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital britânico, com o diretor da McLaren Eletronics, Peter van Manen. O médico procurava um sistema de alerta precoce para uso pediátrico e, ao conversar com Manen, os dois perceberam que uma série de procedimentos adotados de forma rotineira na Fórmula 1 são bastante semelhantes aos usados para acompanhar pacientes em hospitais.

A intercessão entre as duas aplicações pode ser compreendida da seguinte maneira. O sistema da Fórmula 1 é usado para processar uma quantidade enorme de dados onde cada carro é avaliado em 130 parâmetros que diagnosticam a “saúde” do motor e demais componentes do veículo. Quando aplicada ao campo da saúde, a tecnologia desenvolvida pela McLaren possibilita o acompanhamento do nível de oxigênio no sangue, da frequência cardíaca e do ritmo de respiração, já que o sistema coleta as informações geradas por cabos e monitores conectados aos pacientes.

Atualmente, a maioria dos hospitais depende de uma combinação de relatórios sobre sinais vitais do paciente em observações feitas por médicos e enfermeiras. Com o aprimoramento do sistema, é esperado que o paciente possa ser acompanhado remotamente, sem a necessidade de cabos e fios, reduzindo assim os custos de internação. Os entusiastas do projeto acreditam que o novo equipamento possa monitorar os doentes mesmo fora do hospital. O acesso aos dados via internet também é um objetivo a ser alcançado por seus idealizadores. Desta forma, os médicos estariam informados sobre o estado de seus pacientes por meio de seus laptops ou tablets.

O programa-piloto no Hospital Infantil de Birmingham está em sua etapa inicial e os engenheiros da McLaren estão trabalhando com os médicos e analistas de sistemas para garantir o sucesso do projeto.

As informações são da BBC News.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.