home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
30/04/12
Multinacionais investem na área de equipamentos no Brasil
Entre as companhias que devem se instalar no país está a Varian, que foi uma das pioneiras no Vale do Silício, na Califórnia (EUA)
Da redação

Companhias multinacionais estão de olho no mercado brasileiro de equipamentos para a área médica no país. Enquanto a expansão nos países desenvolvidos é próxima de zero, o segmento cresceu 17% no Brasil em 2011, influenciado pela alta renda e do aumento de brasileiros com planos de saúde. As informações são da "VEJA".

 

Uma das empresas que pretendem investir no país é a norte-americana Varian Medical Systems, que planeja abrir uma fábrica no Brasil no segundo semestre. A companhia foi uma das pioneiras do polo tecnológico do Vale do Silício, na Califórnia (EUA).

 

A diferença da Varian para as outras concorrentes está na área de atuação. Enquanto boa parte se dedica ao setor de imagem - ultrassom e raio X -, a companhia deve fabricar aparelhos de alta complexidade para tratamento de vários tipos de câncer.

 

Além da fabricação, a empresa pretende criar um centro de treinamento de médicos, montar uma cadeia de fornecedores de peças, desenvolver softwares e abrir um centro de distribuição no país. O investimento da companhia não foi divulgado, mas o número de empregos gerados pela Varian deve passar dos atuais 60 para 120.

 

Para criar equipamentos capazes de tratar vários tipos de câncer e de fazer a dosagem de radiação de acordo com a agressividade do tumor, a Varian Medical Systems investe anualmente cerca de US$ 170 milhões em pesquisa e desenvolvimento.

 

O investimento em países emergentes reflete o maior acesso da população a tratamentos quanto o aumento da impressionante incidência de câncer em algumas nações.

 

"Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), haverá mais pacientes de câncer de pulmão na China em 2020 do que no resto do mundo", disse à "VEJA" Kolleen T. Kennedy, vice-presidente sênior da Varian. "Por lá, o número de fumantes só cresce", completou.

 

Outros investimentos - Entre as multinacionais que vão investir no país estão também a japonesa Toshiba e a alemã Siemens. A gigante japonesa pretende instalar no Brasil uma fábrica de aparelhos de diagnóstico por imagem.

 

Já a Siemens Healthcare, subsidiária da multinacional alemã, também expandiu sua atuação no ramo de equipamentos hospitalares no Brasil. A companhia anunciou a instalação de uma linha de montagem, que também deve produzir equipamentos de diagnóstico por imagem. A unidade fica em Joinville (SC).

 

>> Leia mais:

Toshiba terá fábrica de equipamentos médicos no Brasil



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.