home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
07/05/12
Novo hospital da Amil terá Central de Esterilização da Bioxxi
Segundo a Bioxxi, que administrará a central, instalações ajudam a reduzir número de infecções hospitalares
Da redação

Com o objetivo de reduzir os riscos de infecção hospitalar, a Amil contará com uma Central de Material Esterilizada (CME) dentro do Hospitalys, unidade de ortopedia que ocupará a antiga área da Associação Brasileira Beneficiente de Reabilitação (ABRR), no bairro do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro. O Hospitalys tem inauguração prevista para junho e a CME será administrada pela Bioxxi, empresa especializada em esterilização de utensílios médicos.

 

Com as Centrais de Material e Esterilização, o índice de infecções hospitalares tende a diminuir.  Com as instalações nos próprios hospitais, o objetivo agora é aumentar o número de peças esterilizadas e otimizar o custo das famosas caixas temáticas, como caixa de hérnia, caixa de cardiologia e caixa de transplante, entre outras. A medida, segundo a Bioxxi, deve "dinamizar a tarefa e trazer mais qualidade para a instituição médica".

 

Um sistema 2D utilizado pela Bioxxi em outras unidades da Rede Amil, por exemplo, promete melhorar ainda mais a segurança dos utensílios. A tecnologia é capaz de monitorar quantas vezes os produtos já foram esterilizados.

 

"As CMEs foram criadas na década de 1950 pelos gestores de hospitais. Na época, eram vistas de forma negativa por exigir investimentos vultosos e manutenção cara. Atualmente, as centrais são vistas como uma forma de dinamizar a tarefa de esterilizar e a praticidade de tê-las nas próprias unidades hospitalares traz mais garantias ao investidor”, ressalta Diego Pinto, gerente comercial da Bioxxi, empresa especializada em esterilização de utensílios médicos.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.