home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
15/10/14
Pact é a primeira app que pode se tornar em plano de saúde
Pact é uma startup de 15 pessoas, que se tornou o primeiro conhecido aplicativo de rastreamento de saúde a oferecer cobertura de seguro.
da Redação

Existem dezenas de aplicações que permitem rastrear suas atividades para tentar mudar o comportamento pouco saudável. 
Não faltará muito para compartilhar seus dados com os empregadores para ajudá-los a controlar e mudar seu comportamento também, tudo em uma tentativa de reduzir os custos crescentes dos planos de saúde, pode se ler na Forbes. 

O aplicativo de rastreamento de saúde Pact se tornou o primeiro aplicativo de smartphone, disponível gratuitamente, a lançar o seu próprio plano de saúde para os empregadores, chamado Pact Health. É um serviço de seguro em tudo menos no nome, uma vez que Pact pode oferecer cobertura extra, quanto mais você se exercita. No entanto, a startup de 15 pessoas que criou o app preferiu chamá-lo de "plano" de saúde para evitar o escrutínio regulatório extra. 

As pessoas que trabalham em empresas que compram o Health Pact podem ganhar ou perder $ 5 de desconto dedutíveis na sua cobertura com base em quão fielmente cumprem os treinos físicos. Para isso devem estar sempre acompanhados por seus smartphones e dispositivos de monitoramento de saúde, como Jawbone Up ou Fitbit. 

Marissa Janela, porta-voz do grupo, diz que se trata do "primeiro aplicativo de saúde para os indivíduos que usa dados de saúde para reduzir os custos de saúde". As pessoas que já fizeram o download do app "ativaram o seguro através de seu empregador." 

Pact vai lançar inicialmente o serviço em Massachusetts, onde seis empresas já concordaram em começar a usá-lo a partir de dezembro, quando renovar a cobertura de seguros. 

Pact é sobre desafios. Os usuários intruduzem seus detalhes de cartão de crédito para apostar US$ 5 ou mais que eles vão completar um determinado número de treinos na semana seguinte. Aqueles que cumprem os seus objectivos são recompensados, tendo um corte de 3%, e  os que relaxam e não cumprem têm que pagar. 

Vender para os empregadores é um importante ponto de viragem para o Pact, que foi fundada em Massachusetts, mas agora está sediada em San Francisco. A startup segue a tendência em que as novas leis têm estimulado os empregadores norte-americanos a criar programas de incentivo ao "bem-estar". 

"O seguro de saúde é uma indústria muito lucrativa", explica co-fundador e CEO Yifan Zhang, "há uma grande margem para disrupções e há muito dinheiro na indústria. Se conseguirmos captar um pequeno pedaço do mercado acreditamos que é muito lucrativo. "

Pact está contando com corretores de seguros para orientar as pequenas empresas para o seu plano de saúde em troca de uma taxa de referência. 
Os últimos três anos de prestação de serviços ao consumidor foram uma grande lição e o exemplo de experiências com os usuários como as conduzidas pelo Facebook foi seguido pela Pact. Fez o mesmo tipo de teste ao longo dos últimos três anos e no processo aprendeu a criar um serviço que realmente mudou o comportamento humano, utilizando os seus 600 mil usuários registrados como plataforma de testes. 

Daí puderam retirar uma conclusão: castigos são mais eficazes do que recompensas. 

Zhang diz mesmo que "o que o leva a tirar a sua bunda do sofá e ir na academia não são os poucos dólares que você vai ganhar", é o par de dólares que você vai perder. "A perda é três vezes mais motivadora do que um ganho." 

A Pact aprendeu que você tem que dar às pessoas uma chance de se redimir. Uma vez que os seus utilizadores podem perder US$ 5 caso não cumpram um treino, eles têm duas semanas para recuperar o dinheiro, juntamente com quaisquer recompensas extras. "Isso os impede de sair do programa", afirma Zhang.



PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.