home notícias Tecnologias
Voltar Voltar
23/02/15
Superbactéria pode ter infectado 179 pacientes em hospital americano
Transmissão foi feita através de instrumentos de endoscopia
Da Redação
O Centro Médico Ronald Reagan UCLA confirmou que um hospital de Los Angeles, nos EUA, pode ter infectado involuntariamente 179 pessoas com uma superbactéria resistente a antibióticos por meio de equipamentos para a realização de endoscopia. Sete pacientes já foram diagnosticados com a Carapenens-resistente Enterobacteriaceae (CRE), difícil de ser combatida por seu alto nível de resistência a antibióticos.

Em comunicado oficial, a instituição admitiu que o micro-organismo pode ter sido determinante na morte de dois pacientes e adianta que uma investigação interna descobriu que a bactéria teria sido transmitida por meio de instrumentos utilizados em endoscopias de diagnóstico e tratamento de doenças do pâncreas e da vesícula biliar, entre os meses de outubro de 2014 e janeiro deste ano. A nota também esclarece que os equipamentos foram esterilizados seguindo as orientações do fabricante.

Os instrumentos envolvidos na infecção foram imediatamente removidos e o UCLA está utilizando um processo de descontaminação, que vai além das normas nacionais e do fabricante", ressalta a nota do centro médico, que também disponibilizou testes domésticos para os pacientes que estejam em situação de risco.


PUBLICIDADE

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do Diagnosticoweb em seu e-mail

agenda

facebook

© Copyright 2012, Diagnósticoweb . Todos os direitos reservados.